Saiba mais sobre Nutrição Esportiva com Mainá Garcia Valente
16 de maio de 2016
Maina Garcia Valente (1 article)
1 comentário
Compartilhar

Saiba mais sobre Nutrição Esportiva com Mainá Garcia Valente

“É comum ver pessoas aderindo a dietas da moda, algumas até perigosas, sem antes consultar um especialista”

Atualmente, a nutrição esportiva é considerada por alguns autores o segundo fator que mais influencia no desempenho de atletas, sendo o primeiro fator o treinamento. Obviamente depende-se da modalidade esportiva em questão.

A alimentação é responsável por manter nossa produção de energia estável, de maneira a possibilitar todas as reações orgânicas em nosso corpo e fazer com que seja possível crescermos. Desta forma, a nutrição esportiva pode auxiliar um programa de exercícios e tem como principais objetivos: aumentar o desempenho físico, desportivo e evolucional do atleta e promover a saúde e otimização da recuperação pós-exercício. Todas as pessoas que praticam qualquer tipo de atividade física devem mudar seus hábitos alimentares; afinal, para atingirmos qualquer objetivo, tão importante quanto um bom treino, é a alimentação. Antes de mais nada, é importante então estabelecer a diferença entre o atleta e o desportista. Na prática, é muito comum as pessoas procurarem orientações nutricionais como atletas, enquanto, na verdade, são apenas praticantes de atividade física sem participação em competições.
Atleta – é aquele indivíduo que recebe um treinamento direcionado a um objetivo específico, ou seja, buscar condicionamento físico que leva a uma melhoria de performance em uma modalidade esportiva específica, normalmente com intenção de competição.

Desportista – é aquele indivíduo que pratica atividade física por lazer ou em busca de uma forma física desejada, geralmente sem objetivo de melhorar performance ou participar de competições.
Independentemente de você ser atleta ou desportista, algumas particularidades na alimentação farão toda a diferença para que esse exercício, seja ele treino ou competição, possa ser executado com bom rendimento e recuperação. De uma maneira geral, a ingestão de todos os nutrientes é importante; proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, minerais e água são essenciais para que todo o trabalho seja executado. Ambos são muito importantes, afinal, organizam todo o metabolismo, ajudam na queima de gordura, aumento de síntese de proteínas, formação de energia, qualidade dos ossos e órgãos e alguns são antioxidantes. Seguem algumas dicas:

– Nunca acorde e permaneça em jejum por muito tempo, muito menos vá se exercitar em jejum;

– Apresentar um elevado consumo diário de água, principalmente pura, ao longo do dia e na hora dos treinos (durante o treino recomenda-se a ingestão de 150 mL de água a cada 20 minutos de atividade). Para treinos superiores a uma hora é importante que esta hidratação seja feita com bebidas hidroeletrolíticas acrescidas de carboidratos, capazes de repor líquidos e minerais perdidos com o suor e ainda o próprio carboidrato;

– No pré-treino, priorize boas fontes de carboidratos; esse será o melhor combustível para a atividade. Varie entre frutas, sucos de fruta natural; e com legumes, mel, frutas secas, pães integrais, batata-doce, salada de frutas, iogurte ou açaí acompanhado de cereais, como linhaça dourada, chia, aveia ou quinoa. Recomenda-se dispensar alimentos proteicos, como leite e iogurtes, e também exagero nas gorduras, a fim de evitar desconfortos gastrointestinais;

– A reposição energética durante a atividade física dependerá da intensidade e duração do treino. Se este durar menos de uma hora, geralmente, não há necessidade de reposição;

– Realizar escolhas alimentares inteligentes após o exercício físico também contribui para recuperar totalmente a energia muscular e obter o melhor desempenho para o próximo treino. Exemplo: pão branco com patê de atum e suco, carne magra com batatas ou macarrão, peito de frango com arroz, legumes e suco de frutas, torradas com queijo branco, geleia e água de coco.

Lembre-se de que a dieta elaborada individualmente mostra resultados rápidos se aliada à atividade física disciplinada.

“Procure uma orientação especializada para que SUA ALIMENTAÇÃO NÃO COMPROMETA SUA ROTINA DE TREINOS.

Maina Garcia Valente

Maina Garcia Valente

Mainá Garcia Valente. Nutricionista Clínica, Esportiva / Especialista em Nutrição Clínica pela GANEP / Pós graduanda em Fitoterapia Funcional pela VP/Unicsul CRN9 2429

Comentários

  1. Cris Freitas
    Cris Freitas maio 16, 23:29
    Super profissional, atenciosa, sabe muito de nutrição esportiva, e tem um plano alimentar 100% personalizado. Matéria top Maina!!! Parabéns!!!

Comentar

Seus dados estarão seguros! O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios marcados como *